Notícia: Setor de Construção Civil Cresce em 2018

 

A situação do setor de construção civil em 2017 não foi muito boa, apresentou queda de rendimento, o PIB do setor caiu 6,6% no primeiro semestre do ano passado, em relação ao mesmo período em 2016, com o grande aumento de número de demissões, totalizando um milhão de funcionários, segundo informa os dados do Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon) com a parceria com a LCA Consultores.

 

Segundo os especialistas, a queda em ascensão no ano passado, teve como a principal causa, a construções interrompidas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Operação Lava Jato e o mercado imobiliário. De acordo com o levantamento de dados, os preços das unidades residenciais, que tiveram uma perda em 2015 e 2016 (com quedas de 8,5% e 5,5%), passaram a cair apenas 3,3% a partir de 2017. A queda tem variado entre cidades, sendo o mais puxado pelo Rio de Janeiro.

 

Cenário 2018 

 

Neste ano de 2018, o setor da construção civil já apresenta uma melhora, os fatores demostram uma reação do segmento, tendo o índice de Confiança da Construção (ICST) que chegou a 77,5 pontos em setembro do ano passado, a taxa de utilização da capacidade instalada da indústria de construção já mensura a ociosidade no setor, chegou a 62,1% com relação ao PIB da construção civil em 2018, a perspectiva é de crescimento. O que deve ter maiores proporções de crescimento no setor, são os sistemas de gestão (ERP) e inovação, pois como muitas obras são consideradas projetos, muitos procuram um gerenciamento que não tenha falhas no decorrer da obra, aplicando inovações tecnológicas no processo, garantindo uma boa eficiência das atividades planejadas, maior produtividade e redução de custo.

 

De acordo com os dados do Secovi, no Brasil, nos últimos meses (março de 2017 a fevereiro de 2018) foram comercializadas 25,349 unidades, totalizando um aumento de 60,4% comparado ao mesmo período de 2017, quando as vendas totalizaram 15.804 unidades.

 

Todas as regiões do País apresentaram variações positivas no mês, de acordo com o estudo da Anamaco, com o destaque para o nordeste (15%), Centro–Oeste (12%), Sudeste (10%), Sul (9%) e Norte (7%). A pesquisa ainda apontou que 12% dos lojistas pretendem realizar investimentos nos próximos 12 meses e 15% pretendem contratar novos funcionários em abril.

 

Fontes

https://www.terra.com.br/noticias/dino/setor-de-construcao-civil-deve-crescer-2-em-2018,762d921a3a22844f2fb632c8e9fc304d2czgv9tx.html

https://portalerp.com/noticias/3851-setor-de-construcao-civil-deve-crescer-2-em-2018

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/05/15/internas_economia,958736/construcao-civil-avanca-e-recupera-o-otimismo.shtml

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/04/10/internas_economia,672625/construcao-civil-e-varejo-mostram-melhora-no-mes-de-marco.shtml

 

 

 

 

 

 

Leave A Comment